CIDADES
Anunciante
SERVIDORES PÚBLICOS
Câmara cobra explicações sobre problemas em atendimentos pelo Iamspe

Vereador Dunga cobra governador Dória e superintendente sobre má qualidade dos serviços

Anunciante

O atendimento que vem sendo oferecido pelo Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) em Araçatuba foi criticado pelos vereadores durante a sessão da última segunda-feira (01). O assunto foi levado ao plenário pelo vereador Antônio Edwaldo Dunga Costa (DEM), que apresentou um requerimento de informações oficiais sobre a demora para a marcação de cirurgias de usuários do Iamspe na Santa Casa da cidade.

No documento, aprovado por unanimidade, Dunga pede que o governador do Estado, João Doria (PSDB), e o superintendente do Iamspe, Wilson Modesto Pollara, sejam oficiados para a tomada de providências. “O Iamspe paga R$ 500 mil por mês para a Santa Casa, mas quem precisa de atendimento em Araçatuba não tem. O Iamspe virou um órgão inservível e obsoleto, que não serve para nada, a não ser saquear o dinheiro do funcionalismo público que todo mês é descontado em folha”, disse o vereador em plenário.

O requerimento gerou discussão. O vereador Cláudio Henrique da Silva (PMN) sugeriu a formação de uma comissão especial. “Vamos montar uma comissão e ir até a Santa Casa. Eu quero saber como esses R$ 500 mil estão sendo gastos, quais cirurgias estão sendo feitas, quantas ressonâncias magnéticas, por que pacientes estão sendo encaminhados para Rio Preto. Eu quero saber”, afirmou.

Para a vereadora Tieza (PSDB), o atendimento do Iamspe precisa melhorar. “Eu sou funcionária pública estadual e me arrepia pensar em usar o Iamspe. Já coloquei essa situação para o partido, pedindo providências”, anunciou.

O vereador Dr. Jaime (PTB) também registrou sua indignação. “É realmente uma pouca vergonha, uma falta de consciência. Imagine o policial ferido, que não tem onde ser tratado. Infelizmente, isso ocorre há muito tempo”, disse.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.