POLÍTICA
Anunciante
SAÚDE PÚBLICA
Câmara vota projeto que cria grupo para combater escorpiões na cidade

Proposta visa acabar com criadouros e usar predadores naturais contra aracnídeos

Anunciante

Diante do crescente número de acidentes envolvendo escorpiões em Araçatuba, a Câmara de Araçatuba vota, na sessão desta segunda-feira (25), projeto de autoria do vereador Almir Fernandes Lima (PSDB) que prevê a criação de um programa especial para o controle desses animais na cidade.

Conforme a proposta, se aprovada, o programa será coordenado e executado pela secretaria municipal de Saúde em parceria com outras secretarias da administração municipal. As principais ações serão a busca ativa por focos de escorpiões e a eliminação desses aracnídeos por meio de predadores naturais, atualmente as formas mais eficazes de combate.

O projeto vai a votação no momento em que Araçatuba registra 224 casos confirmados de pessoas picadas por escorpiões somente em 2019, conforme estatística divulgada na última sexta-feira pela Vigilância Epidemiológica.

“É alarmante o vertiginoso crescimento do número de ocorrências envolvendo escorpiões em nosso município, e ainda mais preocupante, e inadmissível, que a falta de ações de controle consistente pelas autoridades públicas resulte em casos de morte, como temos vivenciado”, destaca o parlamentar na justificativa de sua proposta. “O quadro requer a adoção de medidas eficazes na diminuição do número destes artrópodes, o que será possível somente com a atuação conjunta e bem articulada entre os órgãos da administração pública e a cooperação da população, tal como propõe o presente projeto, isto porque a busca ativa por focos de escorpiões e sua eliminação por meio de predadores naturais são, atualmente, as únicas formas eficazes de combate a este animal, que representa risco à saúde pública e tira o sossego da nossa população, notadamente dos moradores das regiões consideradas de maior risco”.

Entre os predadores naturais dos escorpiões, estão animais como galinhas, patos, galinhas de angola, sapos e até mesmo lagartixas. Uns possuem habilidades para comer o bicho sem serem picados e outros tem o poder de neutralizar o veneno do aracnídeo.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.