POLÍCIA
Anunciante
TRAGÉDIA NA ESTRADA
CARRETA DE ARAÇATUBA INVADE PISTA, BATE EM CARROS E 3 MORREM

Acidente aconteceu na rodovia Marechal Rondon (SP-300); motorista de caminhão é de Penápolis

Anunciante

Francisco Reinaldo Cunha, de 47 anos, Daniel Inácio Santana, de 30 e Natalina de Jesus Coleoni, 59, morreram em um acidente na noite de ontem (24), na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Agudos. Os dois homems, que eram de Santo Antônio da Platina (PR), estavam em um veículo que foi atingido por uma carreta com placas de Araçatuba.

O caminhão era conduzido por um motorista, 62, de Penápolis, que relatou à polícia ter perdido o controle da direção ao tentar desviar de um automóvel que estava à frente. No entanto, ele foi contestado por uma testemunha. O caso ocorreu após às 18h no quilômetro 330 mais 600 metros da pista.

Conforme a Polícia Militar Rodoviária, a carreta Volvo invadiu a pista contrária e atingiu de frente dois veículos, sendo um GM Corsa, tendo na condução Santana e no passageiro Cunha e o outro um VW Up, com placas de São Manuel, guiado por um biomédico de 39 anos, acompanhado por Natalina.

Ambos tiveram ferimentos graves e foram levados ao Hospital de Base por uma equipe da concessionária Tietê, responsável pela administração do trecho da rodovia. A mulher, no entanto, veio a óbito na unidade. O condutor da carreta estava no local e contou aos policiais que seguia pela pista com destino a Santos, após carregar em Três Lagoas (MS).

COLISÃO

Ele ainda relatou que, no km, colidiu na traseira de um dos reboques atrelados a outro caminhão, com placas de Três Barras (SC), ao tentar desviar de um veículo que estava entre os dois. O motorista acrescentou que o condutor deste automóvel teria freado bruscamente e, com a batida, perdeu o controle, atravessando o canteiro central e invadindo a pista contrária e colidindo nos veículos.

O condutor do rodotrem, no entanto, contestou essa versão aos policiais, negando que houvesse um automóvel entre os caminhões. Com o impacto, os dois automóveis ficaram totalmente destruídos. Cunha e Santana não resistiram e morreram no local.

Uma equipe do IC (Instituto de Criminalística) esteve no local realizando perícia que auxiliará nas investigações. Os laudos devem sair em até 30 dias. Os veículos foram recolhidos ao pátio de um posto. A carreta com placas de Araçatuba foi liberada e a carga seria removida para outro veículos.

O motorista fez o teste do bafômetro, cujo resultado deu negativo para ingestão de álcool. A Polícia Militar Rodoviária autuou em virtude da carreta estar com o disco do tacógrafo vencido. Ele foi levado à delegacia e, na presença de um advogado, prestou esclarecimentos e foi liberado.

Foram apreendidos R$ 1.043 em dinheiro que estavam no GM Classic, além do documento do veículo e uma carteira com R$ 60. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal), onde passariam por exames necroscópicos e, depois, liberados aos familiares para velório e sepultamento.

O caso foi registrado como homicídio culposo e lesão corporal culposa na direção de veículo. A Polícia Civil vai instaurar inquérito para apurar o caso.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.