CIDADES
Anunciante
SAÚDE PÚBLICA
Com morte suspeita, dengue cresce de forma 'galopante' em Araçatuba

Cidade já contabiliza 1.117 casos da doença, tendo as mulheres como principais vítimas do Aedes

Anunciante

Apesar de registrar até o momento apenas uma morte suspeita dos estragos que uma simples picada do mosquito Aedes aegypti pode causar em uma pessoa, os casos de dengue em Araçatuba crescem em passos “galopantes”. Somente na última semana, o aumento de pacientes com quadro clínico positivo para a doença foi de 15,57%.

Estatísticas divulgadas pela Vigilância Epidemiológica municipal nesta sexta-feira (10) mostram que já são 1.117 doentes por conta da dengue no município. A quantia exata de 150 pessoas a mais que sete dias atrás, quando as vítimas do Aedes aegypti ainda figuraram na casa das centenas de pessoas.

E as mulheres continuam sendo as principais vítimas da doença. São 623 pacientes do sexo feminino contra 494 do masculino. Vítimas que estão espalhadas por praticamente todos os cantos de Araçatuba.

Por fim, a estatística divulgada pela Prefeitura de Araçatuba, que não faz nenhuma menção sobre o registro de uma morte suspeita de dengue, ainda revela que 97 crianças com idade até 10 anos estão entre os doentes, sendo a mais jovem com apenas 3 meses de vida.

Os pacientes com idade superior a 50 anos já totalizam 286 pessoas, sendo o mais velho um idoso de 97 anos, morador da região central de Araçatuba.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.