POLÍCIA E JUSTIÇA
Anunciante
CRIMINALIDADE
Digitais serão usadas para tentar identificar corpo achado em rodovia

Corpo de mulher foi encontrado por motorista e levado para IML de Andradina; suspeita é de homicídio

Anunciante

A Polícia Científica de Andradina vai tentar identificar, por meio de impressões digitais e, se necessário, teste de DNA, o corpo de uma mulher encontrado na manhã desta terça-feira (04), no km 26 da rodovia Gerson Dourado, entre as cidades de Ilha Solteira e Itapura.

O trabalho da política e de técnicos do IML (Instituto Médico Legal) de Andradina, para onde o corpo foi levado, será necessário pelo fato de nenhum documento ter sido encontrado. As suspeitas são de que a mulher tenha sido assassinada em outro local e deixada à margem da rodovia.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo foi encontrado por um motorista que passava pelo local. O cadáver pode ter sido desovado à margem da rodovia há três dias, devido ao seu avançado estado de decomposição.

A mulher vestia uma blusa azul e bermuda jeans. Ela pode ter entre 20 e 25 anos, avalia peritos que fizeram a retirada do corpo. Ainda de acordo com a polícia, o rosto da vítima já estava desfigurado por conta do estado de decomposição, quando foi localizado.

Tanto em Ilha Solteira como em Itapura, a polícia não registrou nenhum desaparecimento de mulher. Por conta disso a vítima pode ser até mesmo de outra cidade.

Com informações e imagem do site ilhasolteira.news


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.