POLÍTICA
Anunciante
NA MESMA
Estado mantém Claudinéia Silva à frente do DRS 2 e 'descarta' Órfão

Após especulação sobre mudança, Secretaria de Saúde diz que comando segue mantido em departamento

Anunciante

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo confirmou nesta segunda-feira (28), ao site Araçatuba e Região, que Claudinéia Cecília da Silva continua como responsável pelo DRS 2 (Departamento Regional de Saúde). Na semana passada, a imprensa local chegou a especular sobre a troca de comando na repartição, o que não aconteceu e não tem previsão para ocorrer segundo a assessoria de imprensa da repartição estadual.

A notícia era de que Silvio César Órfão, que comandou o departamento até a saída do então governador Geraldo Alckmin (PSDB) do cargo, para concorrer à presidência da República nas eleições do ano passado, voltaria para a função.

Ocorre que, pelo que apurou a reportagem, uma ação de prefeitos da região impediu a saída de Claudinéia para o retorno de Órfão. O que se comenta pelos corredores do DRS 2, que entrou em ebulição nesta segunda-feira por conta da manutenção de quem estava no comando, é de que um grupo político da região, alinhado com o governador João Doria (PSDB), quer esperar a posse dos futuros deputados estaduais, o que ocorrerá no início de março, para só depois terem uma definição sobre a direção do Departamento Regional de Saúde.

O que se sabe é que a atual secretária de Saúde de Araçatuba, Carmem Silvia Guariente, teve o nome cotado para comandar o DRS 2, onde ela é funcionária de carreira, mas licenciada para poder atuar na administração municipal.

Na semana passada, o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PSDB), e Carmem estiveram em São Paulo, em reunião com o atual secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann Ferreira. O prefeito araçatubense justificou que a reunião foi para tratar da melhoria da saúde no município e na região. “A saúde é um grande desafio para nossa administração, porém estamos enfrentado esse desafio através de diálogo com o Estado e a União. Logo teremos boas notícias”, chegou a postar o chefe do Executivo em sua página pessoal no Facebook.

A atual diretora do DRS 2 é, politicamente, alinhada ao PSB, partido do ex-governador Márcio França, que entrou no lugar de Alckmin e que saiu derrotado por Doria na disputa ao governo de São Paulo nas eleições de outubro passado.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.