CIDADES
Anunciante
TRANSPORTE COLETIVO
Expresso Itamarati anuncia extinção de 8 linhas na região; Artesp nega

Empresa parar transporte de passageiros entre Araçatuba, Aracanguá, Major Prado, Auriflama e Gastão

Anunciante

A empresa de transporte coletivo Expresso Itamarati anunciou a extinção de oito linhas suburbanas que fazem a locomoção de passageiros entre Araçatuba, três cidades e um distrito urbano da região a partir do dia 1º de janeiro de 2019.

A informação consta em cartazes fixados em ônibus da prestadora desse serviço e foi confirmada pela assessoria de marketing da empresa ao site Araçatuba e Região nesta sexta-feira (28). No entanto, a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), questionada pela reportagem, afirma que os serviços não serão paralisados.

Para interromper o transporte de passageiros, a Expresso Itamarati afirma ter apresentado solicitação à Artesp, agência reguladora que concede a permissão para operação de linhas intermunicipais de transporte coletivo no Estado de São Paulo, e que aguarda autorização.

Questionada pelo site Araçatuba e Região, a agência reguladora foi categórica ao afirmar que os serviços, pelo menos por ora, não serão prejudicados. “A empresa Expresso Itamarati continuará operando normalmente as linhas de ônibus mencionadas”, afirma a Artesp.

A agência se refere às linhas que fazem o trajeto, nos sentidos de ida e volta, entre Araçatuba e Santo Antônio do Aracanguá; distrito de Major Prado; Auriflama e Gastão Vidigal. Incluindo passagens pelo distrito de Vicentinópolis e o município de Nova Luzitânia.

Com a extinção, caso venha a ser confirmada, uma população superior a 32 mil habitantes – conforme estimativa habitacional de cada cidade calculada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para 2018 – ficará sem a opção de transporte coletivo para viajar de um município a outro.

Grande parte dos usuários destas linhas são pessoas que trabalham em Araçatuba, para onde viajam logo de manhã e de onde retornam a suas localidades no final da tarde. A Expresso Itamarati não informa como ficarão seus próprios passageiros a partir da paralisação do serviço.

Questionada pela reportagem, a assessoria de marketing da empresa apenas informou que a medida se deve à redução do número de usuários. “Em face da redução da demanda o serviço tornou-se economicamente inviável. A empresa requereu a revogação das permissões, mas até o momento não houve decisão da Artesp. Até que isso ocorra o serviço se manterá em operação”, afirma.

LINHAS QUE A EXPRESSO ITAMARAI PRETENDE EXTINGUIR:

Santo Antônio do Aracanguá x Araçatuba

Major Prado x Araçatuba

Gastão Vidigal x Araçatuba

Auriflama x Araçatuba

Araçatuba x Santo Antônio do Aracanguá

Araçatuba x Major Prado

Araçatuba x Gastão Vidigal

Araçatuba x Auriflama

 


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.