VARIEDADES
Anunciante
SOBRE SÉRIES
God Friended Me - Você Também quer ser adicionado?

Série retrata o cotidiano de pessoas que passam a ser convidadas por "Deus" em uma rede social

Anunciante

Em nosso cotidiano são muitas as questões que fazemos, buscamos respostas para tudo que desconhecemos, sejam questões práticas ou subliminares. Tentamos com isso crescer, social, psicológica e espiritualmente falando, com nossas "respostas" e conhecimentos.

Essa busca envolve tudo aquilo que consumimos, os livros que lemos, os programas que assistimos, os jornais que nos informam e, por que não dizer, as séries que acompanhamos. Absorvemos aquilo que consideramos bom para nós, descartando o que não nos presta. Porém, somos sim influenciados por aquilo que consumimos.

Durante esse caminho nos relacionamos com muitas outras pessoas, enriquecendo assim nossas vidas e, por que não dizer, as dos outros também.

E se temos consciência desta busca e desta influencia, por que gostamos tanto de assistir aquilo que choca? Afinal, as séries de maior sucesso são aquelas que nos mostram a barbárie da qual o ser humano é capaz, séries policiais, de suspense, e até mesmo, as tão aclamadas séries de investigação. Poderia citar aqui uma extensa lista destas séries e muitos iriam reconhecer e, claro, dizer gostar.

Porém, são raras as séries que podemos assistir com prazer, sem nos incomodar com aquilo que irá nos mostrar. A maior parte destas, são as sitcoms, séries de comédia, que buscam apenas distrair, dar uma certa leveza ao dia a dia de seus espectadores, sem se preocupar muito com o politicamente correto, às vezes, mesmo as mais famosas como Friends ou a atual The Big Bang Theory, que infelizmente está chegando ao seu fim, e vez ou outra conseguem ofender seus espectadores com piadas ou situações carregadas de preconceito e mau gosto.

Justamente por motivos assim é que me admirei com uma nova série. Tendo uma proposta absurdamente simples e um enredo equilibrado, a nova God Friended Me, realmente, surpreende.

Nela iremos acompanhar a jornada de Miles Finer, aqui uma escolha muito bem acertada para o protagonista, o ator Brandon Micheal Hall (The Mayor), encarna o bom moço de forma extremamente natural, fazendo com que o espectador também queira ser amigo dele, e seu par Cara Bloom, interpretada pela simpática Violett Beane (The Leftovers, Flash e The Resident), ambos unidos por uma misteriosa conta do Facebook cujo usuário se identifica como ninguém menos que Deus. E por meio desta conta, adiciona Miles como amigo, daí o nome da série, God Friended Me, em uma tradução literal: Deus me convidou, ou, Adicionado por Deus. E indica ao protagonista sugestões de amigos, que precisam urgentemente de ajuda, ainda que ele não os conheça ou saiba como pode ajudar.

Como disse, uma proposta incrivelmente simples para uma série. Porém, acaba por se mostrar interessante e muito bem-vinda, em um universo saturado de policiais, criminosos e serial killers, poder acompanhar a jornada de um bom moço, que se preocupa em ajudar alguém, sem maiores intenções é algo que agrada. Afinal, vivemos um momento interessante, onde todos nós estamos conectados e as informações sobre tudo e todos está a um clique de distância, mas, ao mesmo tempo que estamos conectados, mais distantes também.

Essa ironia é muito bem trabalhada em cada episódio, mostrando que voltar a se relacionar com alguém verdadeiramente, pode ser benéfico a todos, evidencia como estamos isolados e que podemos fazer a diferença simplesmente se interessando em ajudar alguém, ainda que não o conhecemos.

Miles, é filho de um reverendo, Arthur Finer, interpretado por Joe Morton (Terminator 2, Liga da Justiça), sendo Miles um ateu convicto torna tudo mais interessante. Apartir do momento em que "Deus" o convida no Facebook vamos passear por questões ligadas a fé, ciência e existência.

Claro que a série é muito otimista, simplista até certo ponto. Mas agrada e vale a pena ser vista, seja para passar o tempo ou para nos mostrar onde estamos falhando como pessoas. Certamente, vai agradar com seus momentos de pura alegria e discussões interessantes, atenção especial ás conclusões apresentadas por Miles ao final de cada episódio. Não seria demais afirmar que, assistir a essa jornada, vai proporcionar momentos agradáveis em família, assim como talvez ajudar com algumas respostas daqueles questionamentos que fazemos, como citei anteriormente.

God Friended Me agradou tanto em seus primeiros 10 episódios que a emissora já confirmou sua continuidade. Espero que dê sinal verde para uma segunda temporada e não somente a finalização desta.

A série e é transmitida pela CBS todo domingo, às 20h, com reprises durante a semana.

Cristiano Bezerra é empresário do setor de informática e escreve sobre séries para o Araçatuba e Região.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.