JUSTIÇA
Anunciante
CRIMINALIDADE
Homem que matou açougueiro com tiro no rosto é condenado a 16 anos

Crime aconteceu em 2015, dentro de mercado; condenado alegou que vítima teria matado seu irmão

Anunciante

Acusado de assassinar um açougueiro dentro de um mercado no bairro Nossa Senhora Aparecida, em 24 de outubro de 2015, Claudinei Ferro de Sousa, de 36 anos, foi condenado a 16 anos e quatro meses de prisão nesta quarta-feira (29), conforme sentença proferida após júri popular realizado no fórum de Araçatuba.

O condenado efetuou cinco disparos contra Paulo Pereira Martins Júnior, de 20, três dias após seu irmão, Valdecir Ferro de Souza, 34 anos, também ter sido assassinado na cidade. Na ocasião, Claudinei alegou ter vingado a morte do irmão, uma vez que Paulo era apontado como responsável pela compra da arma que havia sido usada no homicídio do irmão da pessoa que viria a lhe matar dias depois.

De acordo com a denúncia, o crime ocorreu dentro do mercado, por volta das 7h45. Claudinei chegou ao local e logo na entrada deparou-se com a dona do estabelecimento. Ele mostrou a arma e determinou que ficasse calada. Em seguida, se deslocou até o açougue, onde encontrou sua vítima cortando carnes.

Claudinei pegou Paulo pelo ombro e disparou de imediato um tiro em seu rosto. Caído ao chão, o açougueiro ainda vou alvo de mais quatro tiros, sendo que um deles lhe atingiu o peito. Condenado nesta quarta-feira, o réu foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio decorrente de motivo torpe, que seria o ato de vingar a morte do próprio irmão, e também por dificultar a possibilidade de defesa da vítima, que acabou sendo surpreendida pelas costas. O sentenciado continuará preso, em cumprimento do restante da pena que lhe fora imposta.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.