POLÍCIA
Anunciante
TRÂNSITO PERIGOSO
Irmãos morrem após batida frontal entre carros sobre ponte do Tietê

Fiat Uno bateu de frente após tentativa de ultrapassagem; outras três pessoas sofreram ferimentos

Anunciante

Os irmãos Orlando Ribeiro, de 52 anos, e Arlindo Ribeiro, de 60, moradores de Pereira Barreto, morreram num grave acidente ocorrido por volta das 23h deste domingo (27), sobre a ponte que cruza o rio Tietê, na estrada Dorival Silva Louzada. Outras três pessoas ficaram feridas após a colisão.

O carro em que viajavam os irmãos e mais duas pessoas, Valter Francisco de Almeida, 49; e Neide de Souza Ribeiro, 52, também de Pereira Barreto, batei de frente com um carro da Prefeitura de Andradina, conduzido pelo motorista Sérgio Luís Rosa, 50 anos, conhecido por Cambão. Os três foram socorridos com ferimentos e levados para a Santa Casa de Pereira Barreto.

Na manhã desta segunda-feira (28), a direção do hospital diz que o motorista Sérgio Luís, que teve uma perna fraturada, foi removido para a Santa Casa de Andradina. Já as vítimas Valter e Neide seguem internados com quadro clínico estável.

O motorista de Andradina, funcionário da Prefeitura, retornava de uma viagem a São José do Rio Preto, para onde havia levado pacientes. Os passageiros do Fiat Uno voltavam para casa, após terem passado o dia em um assentamento em Andradina.

As informações são de que a pessoa que conduzia o veículo, um dos irmãos que morreram no local da colisão, não tinha carteira de habilitação. A batida entre os dois carros teria ocorrido após o Fiat Uno tentar uma ultrapassagem sobre aponte, o que é proibido.

Peças dos dois carros ficaram espalhadas sobre a ponte e a Polícia Rodoviária foi obrigada a paralisar o tráfego nos dois sentidos por quase três horas, até a retirada dos corpos, remoção dos feridos, a conclusão da perícia e a limpeza da pista.

Com informações e imagens do Impacto Online.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.