POLÍCIA
Anunciante
SOLIDARIEDADE 'EM CANA'
Motorista dá carona a assaltantes de joalheria e por pouco não é preso

Condutor transportava em seu carro acusados de crime praticado em Araçatuba na quarta-feira

Anunciante

Um motorista de 44 anos, identificado pelas iniciais A.S., por pouco não acabou em cana na manhã desta quinta-feira (14), após um exercício de solidariedade. Ele deu carona, sem saber, a três rapazes que participaram, na quarta-feira, do assalto a uma joalheria em um centro comercial de Araçatuba.

O grupo foi abordado na rodovia Washington Luiz (SP-310), em São José do Rio Preto. O motorista teria dado carona ao grupo de bandidos nas proximidades de Neves Paulista. Ao ser abordado por uma viatura que trafegava pela rodovia, o condutor do veículo, uma Parati, parou para atender aos policiais e descobriu que seus passageiros carregavam, escondidos dentro das próprias cuecas, relógios, colares, brincos e demais joias roubadas em Araçatuba.

No momento em que o condutor solidário parou seu carro no acostamento da rodovia, um dos ocupantes abriu a porta do passageiro e saiu correndo em direção a uma mata. Outros dois permaneceram no carro e foram detidos acusados de participação no crime praticado em Araçatuba no dia anterior.

Os dois assaltantes que ficaram no carro foram identificados como Lucas Felipe Chales, de 24 anos, morador de São José do Rio Preto, e Paulo Henrique Francisco de Souza, também de 24 anos, natural de Itamaraju (BA). O terceiro envolvido no crime, que conseguiu fugir, não foi identificado.

Os produtos roubados da joalheria em Araçatuba foram localizados nas cuecas dos assaltantes durante revista feita pelos policiais, que acharam também um simulacro de arma de fogo. Com o motorista que deu carona ao bandido, nada foi localizado. Tanto é que ele foi liberado pela Polícia Civil de Rio Preto após o registro da ocorrência no Plantão da cidade.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.