GERAL
Anunciante
GOVERNO SE EXPLICA
Prefeitura de Birigui tenta minar 'fake news' sobre concessão da água

Município prevê repassar serviços parciais de abastecimento à iniciativa privada por R$ 22 milhões

A Prefeitura de Birigui distribuiu à imprensa regional, nesta sexta-feira (08), nota na tentativa de minimizar os efeitos de uma publicação que tem pulverizado por redes sociais na tentativa de “minar” proposta da administração municipal que prevê a concessão parcial dos serviços de abastecimento de água no município a um custo estimado em R$ 22 milhões.

A publicação, no entendimento da administração municipal, incita a população a crer em inverdades sobre o processo de concessão – motivo pela qual a questão dissipada na internet é tratada como “fake news” pelo governo municipal.

Em sua nota, a Prefeitura procura esclarecer pontos da proposta de concessão previstas no decreto municipal 6.302, de 7 de março de 2019, publicado no Diário Oficial Eletrônico do Município nesta sexta-feira

Entre as informações divulgadas pela Prefeitura de Birigui, consta que o município fará a concessão parcial dos serviços de água na cidade por meio de licitação, com previsão de que a empresa vencedora invista R$ 22 milhões me melhorias no sistema de captação e distribuição de água.

Veja o que a Prefeitura de Birigui pontua como verdadeiro no processo:

1- O decreto do prefeito visa resolver o problema de distribuição de água na cidade;

2- O decreto prevê que a vencedora da licitação invista R$ 22 milhões em melhorias no sistema de distribuição de água;

3- O decreto prevê que qualquer reajuste seja feito pela prefeitura e não pela empresa vencedora da licitação;

4- Prevê, ainda, a construção de um poço profundo no Portal da Pérola 2;

5- Prevê a integração (interligação) dos poços já existentes com os que serão construídos;

6- Prevê consertos no Poço Profundo Aqua Pérola;

7- Após o contrato de 15 anos, tudo o que foi construído ficará para a Prefeitura de Birigui;

8- O decreto é claro que o prefeito Cristiano Salmeirão cumpriu com sua palavra, de NÃO vender a água do município;

9- O decreto 6.302, de 7 de março de 2019 está disponível no Diário Oficial Eletrônico de Birigui (https://dosp.com.br/exibe_do.php?i=NTU1MTM=);

10 - O cidadão que tiver dúvidas pode procurar o Paço Municipal, na Praça James Mellor, ou o setor de água e esgoto da Prefeitura de Birigui, que atende na rua Guanabara, número 256, Vila Guanabara.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.