CIDADES
Anunciante
VAI MUDAR...
Prefeitura pede aval ao Ministério da Saúde transformar UPAs em UBSs

Decreto da Presidência da República permite que mudanças sejam solicitadas até junho do próximo ano

Anunciante

O governo federal oficializou em 16 de novembro, por meio da portaria 3.583, decreto presidencial que autoriza estados e municípios a mudarem a função de prédios que, inicialmente, deveriam abrigar UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), desde que sejam utilizados na área da Saúde.

Araçatuba tem duas UPAS fechadas que, segundo informou a Prefeitura ao site Araçatuba e Região, deverão ser transformadas em UBSs (Unidades Básicas de Saúde). Os prédios ficam nos bairros Umuarama e Morada dos Nobres e o município tem até 19 de junho para solicitar a mudança de finalidade das duas construções.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, documentos solicitando mudanças já foram encaminhados ao Ministério da Saúde, informando que o município pretende transformar as UPAs em UBSs.

A Prefeitura recebeu os prédios da administração do então prefeito Cido Sério (PRB) e contratou empresas para a execução de novas obras, apesar de a construção do Umuarama ter sido inaugurada pelo antigo gestor. Na futura UBS do bairro, foram gastos pelo atual governo R$ 1,4 milhão, sendo R$ 992.962,49 em recursos próprios.

A UPA do Morada dos Nobres, diz a administração municipal, está em processo de finalização. Os gastos do atual governo no local também foram de R$ R$ 1,4 milhão, sendo que R$ 1.371.696,92 saíram dos cofres do município.

Questionada sobre quando os prédios, inicialmente erguidos para abrigar UPAs, vão ser colocados em uso para atendimento à população, a Prefeitura informou que depende da publicação autorizando as mudanças solicitadas, pelo Ministério da Saúde, para dar início a eventuais adequações para o enquadramento dos prédios na condição de UBSs, o que ainda não tem um prazo para acontecer.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.