GERAL
Anunciante
DESASTRE AÉREO
Sobrinho de empresária de Araçatuba estava em avião que caiu na Bahia

Rapaz tem 28 anos e está internado no Hospital Geral do Estado, em Salvador, em estado delicado

Anunciante

Marcelo Constantino Alves,28 anos, uma das vítimas do trágico acidente aéreo em Barra Grande, distrito de Marau, na Bahia, ocorrido na tarde da última quinta-feira (14), é sobrinho da empresária araçatubense Aurivânia Constantino, dona da empresa de ônibus Reunidas Paulista.

O rapaz é filho de Eduardo Queiroz Alves e Auristela Constantino, uma das filhas de Nenê Constantino, fundador da Gol Linhas Aéreas. Apesar do parentesco, Marcelo não tem ligação com a companhia aérea.

Ele viajava acompanhado de amigos para passar o fim de semana em uma propriedade em Marau, no sul da Bahia, pertencente à família do deputado federal licenciado Guilherme Mussi (PP). Um grupo de 10 pessoas, incluindo passageiros e tripulação, partiram de Jundiaí no final da manhã de quinta-feira, em um avião bimotor Cessna Aircraft modelo 550, pertencente ao banqueiro José João Abdalla Filho, que tem entre suas empresas a S/A Central de Imóveis e Construções, uma incorporadora de bens imobiliários fundada em 1967 que teve atuação em Araçatuba.

O herdeiro da família Constantino está, assim como outros sete sobreviventes do trágico acidente, internado no Hospital Geral do Estado, em Salvador, que é uma unidade especializada no tratamento de queimados. Parentes de Marcelo não autorizaram a emissão de boletins à imprensa sobre seu estado de saúde. O que se sabe é que ele, assim como demais passageiros resgatados com vida chegaram à unidade de saúde em estado grave.

ESTADO IRREVERSÍVEL

Quem também estava no avião que caiu em Marau na última quinta-feira é o ex-piloto de Stock Car, Tuka Rocha. Neste sábado (16), chegou a ser veiculada em sites de notícia, a informação de que ele não havia resistido aos ferimentos decorrentes do acidente aéreo e morrido.

No entanto, a família de Tuka Rocha desmentiu a notícia, apesar de os parentes do ex-piloto terem recebido a informação da equipe médica de que o quadro dele seria irreversível, uma vez que sofreu queimaduras em 80% do corpo e lesões pulmonares decorrentes da inalação de fumaça tóxica, provocada pelo incêndio que tomou conta do avião após sua queda.

No dia 17 de outubro, Tuka Rocha esteve em Birigui, participando do 2º Café Empresarial promovido pela Prefeitura da cidade. Na ocasião, ele anunciou a realização do 1º Troféu Ayrton Senna de Kart, marcado para ocorrer na cidade em 25 de janeiro de 2020.

Tuka Rocha é parceiro do empresário biriguiense Ricardo Gracia, dono do Kartódromo Internacional Speed Park, que foi credenciado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para sediar no próximo ano o Campeonato Mundial de Kart.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.