CIDADES
Anunciante
INCENTIVO À LITERATURA
Unisalesiano patrocina livro escrito por estudantes da rede pública

Com o título "Escrevendo o Futuro - Respeito à diversidade", exemplar foi lançado nesta semana

Anunciante

Poemas, memórias literárias, crônicas e desenhos. Esse é o conteúdo do livro "Escrevendo o Futuro – Respeito à diversidade", desenvolvido por 100 alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio de escolas de Araçatuba e região.

O livro faz parte de um projeto desenvolvido pela Diretoria de Ensino da região de Araçatuba, com o apoio do UniSALESIANO, que patrocinou a impressão de mais de 300 exemplares da edição.

O lançamento aconteceu na noite de quinta-feira (06), na Igreja Universitária Maria Auxiliadora, localizada no Campus, e atraiu mais de 500 pessoas, entre alunos, pais, professores, coordenadores e diretores.

A cerimônia denominada "Noite do Oscar 2018", foi iniciada com a apresentação musical de alunos da Escola João Arruda Brasil, de Guararapes.

A supervisora de ensino, Marisa Aparecida Coltri Lelis, representou a dirigente regional de ensino de Araçatuba, Sueli Aparecida da Silva Bonfietti. Ela agradeceu o grande apoio da Instituição e enfatizou a importância do tema "Respeito à Diversidade" no projeto.

"O conhecimento é fundamental para repudiar ou minimizar o preconceito e promover os sentimentos mais nobres e humanos, como o amor, o respeito e a tolerância", destacou.

Pe. Waldomiro Bronakowski representou o reitor do UniSALESIANO, Pe. Luigi Favero, na noite de premiação. Ele iniciou seu discurso parabenizando os jovens autores pela produção literária e acolheu os presentes. "Educação é coisa do coração, conforme o sistema preventivo e pedagógico de Dom Bosco, baseado no amor", frisou.

 Ele concluiu dizendo sobre o grande amigo que todos devem encontrar. "Não tenham medo de Jesus Cristo, Ele é amigo dos jovens e não tira nada de nossas vidas, mas acrescenta. Quem encontrou o Amigo, encontrou o grande tesouro da vida", salientou.

A cerimônia seguiu com a entrega dos livros aos escritores, professores e diretores das escolas.

O destaque foi para o aluno Lucas Eduardo Ferreira, da escola Professor Waldemar Queiroz, de Guararapes, autor da ilustração da capa. Além de um exemplar, o jovem ganhou um certificado de reconhecimento e participação.

Para a professora Maria Teresa Lascalla Gomes, o projeto é muito importante, pois incentiva alunos a desenvolverem a leitura e o lado artístico. "A promoção de ações como esta serve para descobrirmos jovens talentos como o aluno Lucas Eduardo. Além de tornar a aprendizagem significativa e a educação reconhecida como instrumento de promoção", enfatizou.

Houve também entrega de prêmios para alunos classificados em projetos como Concurso de vídeo e podcast Mediação e Linguagem, redação classificada para o VI Concurso de Redação do Hospital de Amor de Barretos, medalhistas na 21º Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e na 12º Mostra Brasileira de Foguetes, entre outros.

DIVERSIDADE

O projeto foi desenvolvido em sala de aula desde o primeiro semestre do ano.  A escolha do tema se deu pela necessidade na mediação de conflitos nas unidades de ensino.

Segundo a professora do Núcleo Pedagógico, Edilene Bachega Rodrigues de Viveiros, houve uma preocupação por parte dos professores em relação à falta de respeito a opiniões diferentes, por isso a escolha do tema foi "Respeito à diversidade".

Os trabalhos foram desenvolvidos pelos alunos seguindo a temática e a escola fez um concurso interno escolhendo um trabalho de cada gênero para o livro.

Edilene destaca que o principal objetivo deste projeto é ensinar a ouvir, julgar menos e se colocar no lugar do outro. "Buscamos desenvolver um espírito de amor e respeito entre as pessoas de nossa sociedade, seja na escola, em casa, no trabalho ou qualquer outro lugar", concluiu.


Anunciante
O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.