Política e Mais
ELEIÇÕES 2020 ARAÇATUBA TEM HOJE 12 PRÉ-CANDIDATOS A PREFEITO; VEJA QUEM SÃO ELES

Prefeito, ex-prefeitos, vereadores, ex-vereador e ilustres desconhecidos estão entre 'concorrentes'

Anunciante

Faltando menos de uma semana para o início do prazo de definição de candidaturas pelos partidos políticos que participarão das eleições deste ano, Araçatuba já tem uma vasta lista de pretensos postulantes ao cargo de chefe do Executivo municipal.

Incluindo o atual prefeito, Dilador Borges (PSDB), legendas locais com pretensões de concorrer à Prefeitura indicam neste momento pré-convenções uma relação de 12 postulantes à cadeira principal do Executivo.

Na relação, estão o atual e dois ex-prefeitos de Araçatuba; dois vereadores e um ex-parlamentar; ex-candidatos a cadeiras na Câmara; militantes de redes sociais e os ilustres desconhecidos que surgem em todas eleições com a intenção de colocar seus nomes em exposição para futuras eleições.

Entre os 12 pré-candidatos, o que se vê no atual momento é uma polarização entre o atual Prefeito, Dilador Borges, e o vereador Cido Saraiva (MDB), que há quatro anos foi o parlamentar com maior votação na história da cidade e que também já teve votos expressivos nas vezes em que concorreu a deputado estadual.

Vereador no exercício do primeiro mandato, o médico Flávio Salatino (PV), anunciou sua candidatura esta semana fazendo chama com o dono de um conhecido depósito de materiais de construção da cidade.

Na sequência das opções, aparecem os ex-prefeitos Cido Sério (PSD) e Domingos Andorfato (PTB) que, em paralelo aos trabalhos que fazem para viabilizar suas candidaturas, enfrentam problemas com a Justiça, o que pode impedi-los de ter os nomes nas urnas no dia 15 de novembro, quando ocorrem as eleições este ano, em virtude da pandemia de Covid-19.

O ex-vereador Teucle Mannarelli (PRTB) é outro que já colocou seu nome à disposição. Porém, nos bastidores da política de Araçatuba, as apostas são de que ele sustentará a intenção de concorrer à Prefeitura como cabeça de chapa até surgir um eventual convite para o posto de vice. Questão que, se não acontecer, deve levá-lo à desistência.

O PT, por obrigação, lançará nome próprio à disputa. Sebastião Júnior, ex-ocupante de cargo comissionado nas duas gestões de Cido Sério, representará o partido no pleito, apesar de toda rejeição que recai sobre a legenda de esquerda.

Ex-candidatos a vereador e deputado, o empresário Alberto do Dogão (Solidariedade) e o médico Filipe Fornari (Podemos) também afirmam que serão candidatos a prefeito na disputa deste ano.

Na mesma situação aparecem três nomes menos conhecidos da população araçatubense: o do líder comunitário Luizão do Pinheiros, que aforma ser candidato a prefeito pelo PMN; o do reverendo anglicano Paulo Sanda, pelo PSOL; e o de Edilaine Martins, do PTC, que atua como diretora comercial de um site local de notícias e aparece como única mulher com a intenção de ser escolhida prefeita da cidade.

O período para realização de convenções, conforme as regras estabelecidas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), vai de 31 de agosto, próxima segunda-feira, até om dia 16 de setembro. Somente após esta data é que, de fato, os eleitores de Araçatuba saberão quem concorrerá à Prefeitura. Até lá, ficam as especulações e apostas sobre o real número de postulantes ao cargo de prefeito.


O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.