Presidente Prudente
DOENÇA IMPIEDOSA ATLETA DE 14 ANOS MORRE APÓS CONTRAIR O NOVO CORONAVÍRUS

Mariana Franklin participou de torneio da Federação Aquática Paulista antes de fatalidade

Anunciante

A Prefeitura de Presidente Prudente informou neste domingo (20), que uma adolescente de apenas 14 anos morreu no sábado (19) na cidade em decorrência de infecção pelo novo coronavírus. Ela é a 182ª vítima fatal da Covid-19 no município.

Trata-se da nadadora Mariana Franklin Ferreira Silva. A atleta estava internada desde a quinta-feira (17), no Hospital Regional de Presidente Prudente. A confirmação de que ela havia sido infectada pelo novo coronavírus se deu em 26 novembro. Uma carreata foi realizada neste domingo em homenagem à vítima da Covid-19.

A cidade ainda registrou 29 novos casos positivos da doença, sendo 10 homens e 19 mulheres. O município tem atualmente 75 pacientes hospitalizados, sendo 30 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e o restante em enfermarias.

No caso de Mariana Franklin Ferreira Silva, ela era atleta vinculada à Federação Aquática Paulista. A entidade expressou seu pesar e sentimentos à família e amigos em nota oficial emitida neste fim de semana.

No comunicado, a FAP confirmou que a nadadora disputou uma competição recentemente. Mariana participou do Torneio Integração Nacional, em Santos. Ela nadou três provas: 50, 100 e 200 metros nado livre. Ela desfalcou a equipe Criarte/Pruden-Aço/Apan/Semepp no Paulistão, realizado em Bauru, porque já estava com os sintomas da doença. Segundo a federação, todas as medidas de segurança contra a Covid-19 foram tomadas e relembradas em ambas as competições.

Confira a nota da FAP na íntegra:

"É com imenso pesar que a Federação Aquática Paulista comunica o falecimento de Mariana Franklin Ferreira Silva, atleta de 14 anos da Apan Prudente, por complicações da Covid-19.

Mariana participou do Campeonato Nacional Virtual de Integração, em Santos, nos dias 9 e 10 de dezembro. Sua equipe esteve presente no Paulistão FAP, em Bauru, nos dias 16 a 19 de dezembro. Todas as medidas de segurança foram tomadas e constantemente relembradas, orientadas e cobradas pela FAP em ambas as competições. Contudo, caso sinta algum sintoma, procure o serviço médico e informe a FAP, conforme Protocolo de Retorno:

“Em casos confirmados de COVID-19 em até 14 dias após a realização do evento, é obrigatório informar à FAP, e a todos que tiveram contato com o participante infectado, para que todos os cuidados necessários à saúde sejam providenciados”.


O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.