Araçatuba
LUTO NO ESPORTE COVID MATA O JUDOCA MARCELO KIWADA, FILHO DO FAMOSO MESTRE KODÃO

Ele foi internado no dia 21 de dezembro, um dia após a morte da mãe, que sofria de câncer

Anunciante

A Covid-19 tirou nesta terça-feira (05) a vida de um dos principais representantes do esporte em Araçatuba. O professor de judô, sensei Marcelo Kiwada, de 45 anos, não resistiu aos danos causados pelo novo coronavírus e veio a óbito na Santa Casa, onde estava internado desde o dia 20 de dezembro.

Marcelo, que conquistou diversos títulos na modalidade por Araçatuba, sofria de diabetes e hipertensão. No Natal, devido à piora em seu quadro clínico, foi encaminhado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Há dois dias ele precisou ser intubado para respirar com ajuda de aparelhos.

O judoca era o responsável pela AJA (Associação de Judô Araçatuba) e filho do mestre no esporte Koji Kiwada, o Kodão, que dedicou mais de 40 anos de sua vida ao judô no município. Marcelo deixa a esposa, Ayumi Iokota Kiwada, e os filhos Caio e Cauã – ambos campeões brasileiro e sul-americano em suas categorias –, além da pequena Yuka.

“Essa notícia caiu como uma bomba para todos os judocas e amantes do esporte em Araçatuba. O judô, que já vinha sofrendo as incertezas decorrentes da pandemia, agora fica numa situação ainda pior com a partida de um dos seus principais incentivadores”, diz o também sensei Hudson Lima, que atuava na formação de atletas junto com Marcelo. De acordo com ele, a última atividade realizada pelos esportistas no município foi no dia 18 de dezembro, quando ocorreu cerimônia de troca de faixas no ginásio Plácido Rocha.

De acordo com o que apurou a reportagem, Marcelo Kiwada foi internado um dia após a morte de sua mãe, que enfrentava uma dura luta contra o câncer. Ele deu entrada na Santa Casa e ficou internado, inicialmente, na ala de enfermaria, mas foi removido para a UTI devido à piora de sua saúde. O corpo do judoca foi sepultado às 17h desta terça-feira, no cemitério Jardim da Luz. 


O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.