Região 018
TRAGÉDIA PANDÊMICA DUAS CIDADES, DOIS DIAS E A CONFIRMAÇÃO DE 63 MORTES PELA COVID-19

Araçatuba e Birigui têm registros galopantes de vítimas do novo coronavírus, indicam boletins

Anunciante

Boletins epidemiológicos divulgados pelas prefeituras de Araçatuba e Birigui nesta segunda-feira (05) e terça-feira (06) mostram que os dois municípios registraram, em apenas dois dias, números assustadores de vítimas da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Foram confirmadas 63 mortes dos dois municípios e 741 novos casos de pessoas doentes.

Os números confirmados em 48 horas são acumulados desde o dia 29 de março, no caso de Araçatuba, e 31 do mesmo mês em Birigui. O que não diminui em nada a preocupação para quem de fato fica alarmado com a situação da Covid-19, levando-se em consideração o ainda exagerado número de pessoas negacionistas nos dois municípios que desdenham da doença e, desta forma, desafia um vírus que não tem feito outra coisa desde o seu surgimento no Brasil, que é infectar, debilitar e matar pessoas.

Conforme o boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica de Araçatuba nesta segunda-feira (05), a cidade registrou um total de 25 mortes de forma intercalada desde o dia 29 de março. Quanto a novos casos, o município confirmou 341 novas pessoas infectadas pelo coronavírus entre 31 de março e esta segunda-feira. Vale ressaltar que, na quinta-feira (1º) foi feriado antecipado no município, emendado com a Sexta-Feira Santa.

O boletim epidemiológico da Prefeitura de Birigui, também divulgado na segunda-feira, registrou nome mortes de pacientes do município infectados pela Covid-19. No mesmo período, os serviços de saúde do município confirmaram 57 casos positivos da doença.

Nos boletins divulgados pelas duas cidades nesta terça-feira (06), a situação da Covid-19 nas localidades não é nada confortável em comparação ao dia anterior. Araçatuba confirmou mais 16 mortes causadas pelo coronavírus e 305 casos confirmados de pessoas infectadas. Já em Birigui, foram mais 15 óbitos e 38 doentes confirmados. Todos os casos foram registrados entre o dia 29 de março e esta terça-feira.

BALANÇO GERAL

Pelos boletins epidemiológicos divulgados nesta terça-feira, é possível constatar que Araçatuba e Birigui, as duas maiores cidades da região Noroeste do Estado de São Paulo, caminham de forma galopante para alcançarem juntas a marca de mil mortes causadas pela Covid-19. Desde o início da pandemia, os dois municípios já totalizam 774 óbitos, faltando mais 226 para alcançarem a primeira milhar de mortes provocadas pelo novo coronavírus. O que pode acontecer no decorrer do mês de abril, apontado por especialistas em Saúde como mais um mês trágico em se tratando da pandemia que assola o mundo desde o ano passado.

Os dados dos boletins das duas cidades ainda mostram que, no que se refere a mortes, um total de 32 estão em processo de investigação. Tratam-se de pessoas que faleceram após apresentarem sintomas da Covid-19 e que ainda não tiveram resultados de exames divulgados.

Em Araçatuba, desde o início da pandemia, a cidade acumula 18.514 casos de pessoas que foram infectadas pelo coronavírus. Ao todo, o município enterrou 490 moradores que não resistiram aos danos causados pelo coronavírus no organismo. A cidade ainda tem 3.214 doentes sendo tratados em suas casas, sem a necessidade, por ora, de internação hospitalar.

No caso de Birigui, que tem praticamente a metade do tamanho de Araçatuba, os números não são menos impactantes. A cidade acumula 9.819 pessoas que foram infectadas pela Covid-19. E desde o início da pandemia, já morreram 284 biriguienses contaminados pelo novo vírus.


O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.