Polícia
HOMICÍDIO HOMEM DE 49 ANOS É MORTO A FACADAS DURANTE DISCUSSÃO EM PENÁPOLIS

Autor de 24 anos foi preso em flagrante; é o 1º homicídio do ano na cidade

Lúcio Mauro Santana, de 49 anos, foi morto a facadas no final da madrugada desta quarta-feira (1º), em Penápolis (SP). É o primeiro homicídio registrado este ano no município. O autor, de 24, foi preso em flagrante. O crime ocorreu em um imóvel usado para abrigo de animais que fica na avenida Vereador Ângelo Bossa Martines, no Residencial Mais Solar.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 7h40, o delegado titular do 1º DP (Distrito Policial), Thales Eduardo Anhesini, acompanhado por um investigador, foram ao local. Chegando ao imóvel, encontraram os policiais militares que atenderam a ocorrência e viram duas facas e diversas poças de sangue.

 

Ao entrarem em um quarto, encontraram a vítima caída e já sem vida. Uma tesoura com sangue e uma camiseta foram recolhidas. Os PMs relataram ao delegado que, pouco antes das 6h, foram acionados a comparecer no imóvel, onde uma pessoa teria sido ferida.

 

NU

Chegando até a casa, se depararam com Santana com diversos cortes pelo corpo, inclusive no órgão genital. O autor foi encontrado nu na calçada e com os pés e mãos amarrados com coleiras. Questionado, o rapaz contou que ele e a vítima passaram a madrugada usando entorpecentes, ingerindo bebidas alcoólicas e praticando relações sexuais.

 

Por motivos ainda a serem esclarecidos, iniciaram uma discussão, quando a vítima teria tentado esfaqueá-lo e, para se defender, golpeou a vítima. Com os gritos de alguém pedindo socorro, uma moradora próxima entrou em contato com uma mulher de 52 anos, que participaria do abrigo.

 

Ela e a filha, de 18, foram ao local e, quando chegaram, notaram que o portão estava encostado no muro e havia diversas manchas de sangue. Ao entrarem, a garota se deparou com o autor sem roupa, de pênis ereto e praticando sexo com Santana, que estaria deitado de bruços na cama e já sem vida.

 

Ao ver as testemunhas, o acusado revidou um dos golpes de vassoura que levou e teria partido para cima da jovem, tentando enforcá-la. Antes de deixar o imóvel, ameaçou-as de morte. Instantes depois, elas souberam que o autor tinha caído na calçada.

 

O companheiro da mulher chegou e, como forma de conter o acusado até a chegada dos PMs, amarrou-o com as guias de coleiras. O rapaz foi levado ao 1º DP para prestar esclarecimentos. Na unidade, confessou ter esfaqueado Santana, porém, em legítima defesa. Ele negou que tivesse feito sexo com a vítima desfalecida e de ter ameaçado a jovem e mãe dela.

 

Após ser ouvido, foi encaminhado para a cadeia local, estando à disposição da Justiça. Ele responderá por homicídio, ameaça, vias de fato e estupro de vulnerável. O corpo de Santana foi conduzido ao IML (Instituto Médico Legal) de Araçatuba, onde passará por exame necroscópico e, em seguida, liberado aos familiares para velório e sepultamento. O imóvel passou por perícia e um inquérito será instaurado para apurar o caso.


O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2023 018News. Todos os direitos reservados.