Polícia
INVESTIGAÇÃO POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA 10ª FASE DA OPERAÇÃO QUE INVESTIGA MEGA-ASSALTO

Criminosos usaram famílias como escudo humano; caso aconteceu em agosto do ano passado e chocou o país

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça feira (21), a 10ª fase da operação destinada à investigação do violento roubo praticado na cidade de Araçatuba (SP) no início da madrugada do dia 30 de agosto do ano passado, nas agências bancárias da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

 

Nesta terça, Policiais Federais estão cumprindo cinco mandados de prisão temporária, oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de identificação criminal.

 

Estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão na cidade de São Paulo (SP) com o apoio da Polícia Militar (ROTA), na cidade de Agudos (SP), em Indaiatuba (SP) e outros três, com o apoio do BAEP, na cidade de Campinas (SP).

 

Quatro dos investigados participaram do violento crime fornecendo estrutura logística aos demais integrantes da organização criminosa, inclusive emprestando uma propriedade rural para servir de ponto de apoio para a consecução do roubo. Não se descarta, também, que dois deles tenham participado diretamente da ação criminosa em Araçatuba.

 

O outro investigado está intimamente entrelaçado com os principais executores do crime, que já se encontram presos, e também é possível que tenha estado presente na área central de Araçatuba (local das agências bancárias), atuando diretamente no roubo praticado.

A identificação dos investigados e as condutas praticadas por cada um deles decorre da perseverança da Polícia Federal na completa elucidação do crime. Após análises e confrontações de todos os elementos e indícios colhidos, esses indivíduos foram identificados e presos na data de hoje após representação da PF junto à Justiça Federal em Araçatuba/SP.

 

Embora já percorrido um longo caminho, os trabalhos investigativos continuam e a Polícia Federal se mantém na busca incessante na identificação e responsabilização criminal de todos os envolvidos nos violentos atos.

 

Com a 10ª fase deflagrada hoje, a PF já prendeu 43 investigados e cumpriu 95 mandados de busca e apreensão.

 

MEGA-ASSALTO

O mega-assalto em Araçatuba aconteceu entre os dias 29 e 30 de agosto de 2021 e terminou com dois inocentes e dois suspeitos de participarem do crime mortos. Os bandidos invadiram o centro da cidade e usaram armamento de grosso calibre para fechar o centro e assaltar duas agências bancárias.

 

Os bandidos ainda deixaram explosivos espalhados em pelo menos 20 pontos do centro da cidade. Uma delas foi detonada e feriu um homem de 25 anos. Agentes do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) foram chamados de São Paulo para desarmar os artefatos.

O centro da cidade ficou fechado por dois dias, as aulas foram suspensas e o transporte público paralisado na região central da cidade.

 

Apesar de a ação ter sido cinematográfica, o roubo foi considerado informalmente um fracasso, já que o cofre maior de um dos bancos acionou um sistema moderno de segurança, picotou e manchou as notas que seriam roubadas.

 

O valor levado pelos bandidos, segundo fontes extraoficiais, não foi nem 30% do planejado pelos criminosos. (Com informações sbtinterior.com)


O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.