Política e Mais
IMUNIZAÇÃO CONTRA COVID PREFEITURA NEGOCIA COMPRA DE 220 MIL DOSES DA VACINA SPUTNIK V

Município tem R$ 5 milhões de recursos próprios para aquisição e restante virá de empresários

Anunciante

A Prefeitura de Araçatuba, em parceria com empresários do município, negocia com autoridades da Rússia a compra de 220 mil doses da vacina Sputnik V para imunizar a população local contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Para a compra da vacina, a Prefeitura tem hoje, disponíveis, a quantia de R$ 5 milhões. No entanto, há um grupo de empresários disposto a fazer doação de recursos para ajudar o município na aquisição do imunizante.

Cada dose da Sputnik V tem o custo estimado em US$ 9,75 dólares, o que corresponde, atualmente, a R$ 55,00 conforme a cotação da moeda americana. Com isso, o município precisaria de um toral de R$ 12,1 milhões para fazer a compra de vacinas suficientes para imunizar toda a população.

A reportagem do 018 News apurou que o município tem sido procurado por empresários interessados em participar da ação para a compra de vacinas. Um dos empreendedores do município já declarou estar disponível a gastar R$ 1 milhão com a compra de vacinas para toda a população.

“Temos outro empresário que se ofereceu a colaborar com mais R$ 500 mil e um conjunto muito importante de empregadores e geradores de renda no município que já disseram à administração municipal que vão colaborar confirme suas possibilidades. O que é fundamental para Araçatuba de forma geral, sem a necessidade de fazer distinção de com quanto cada um vai colaborar”, disse uma fonte da administração municipal à reportagem.

Nesta sexta-feira (16), em entrevista ao radialista Marco Serelepe, na rádio Nova Manhã FM, o empresário Chaim Zaher, que é dono da emissora, de escola e de uma série de imóveis na cidade, disse que vai colaborar com a Prefeitura.

Ele defendeu que a articulação para a compra da Sputnik V seja conduzida pela Prefeitura, como vem acontecendo, uma vez que a vacina russa ainda não obteve liberação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para aplicação do imunizante no Brasil. Procedimento que está em andamento no órgão federal.

Enquanto não tem o aval para comprar doses da vacina russa, Araçatuba segue imunizando a população contra o coronavírus com doses da Coronavac, fabricada no país pelo Instituto Butantan, e da Astrazeneca, produzida pela Fiocruz.

Mais de 30 mil pessoas já receberam pelo menos uma aplicação das vacinas, que precisam de duas doses para terem o resultado esperado para evitar quadros clínicos graves da Covid-19 em casos de infecção pelo novo coronavírus.


O 018News não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Copyright © 2018 018News. Todos os direitos reservados.